Bancários

Sindicato de Maringá e Região

CONTEC
23° MIN 35° MÁX MARINGÁ
Seu Banco:


24/09/2018

Cassi X Bolsa = Voto NÃO


 

O Banco do Brasil e a Cassi, com apoio dos administradores, estão realizando uma campanha violenta de propaganda pelo voto SIM.


Muito se fala sobre intervenção da ANS e sobre a falta de liquidez para cumprir obrigações da Cassi. Que é preciso aumentar a contribuição e cobrar por dependentes. Tudo isso para desviar o foco do mais importante que é a responsabilidade do banco para com seus funcionários e aposentados.

 

Temos que ter em mente que uma intervenção da ANS na Cassi, afetará em muito a imagem do Banco junto ao mercado de ações. O Banco do Brasil está listado entre as empresas TOP da Bolsa de Valores. Está entre as empresas denominadas de Novo Mercado. É o filé do mercado de ações. E o BB só está neste segmento porque se comprometeu com a CVM de cumprir as suas exigências. O BB colocou no Estatuto Social em seu Art. 1º - § 3º que a empresa, seus acionistas, administradores e membros do Conselho Fiscal sujeitam-se às disposições do Regulamento do Novo Mercado.

 

A Deliberação CVM – 695 exige o reconhecimento e a divulgação das obrigações para com os seus funcionários e ex-funcionários em relação a benefícios pós-emprego.

 

A mesma Deliberação CVM – 695 entende que o banco criou um passivo quando o empregado prestou serviço em troca de benefícios a serem pagos no futuro e para apresentar maior transparência para com os investidores este passivo deve ser contabilizado a parte e ser muito bem esclarecido.

 

Por todo o exposto podemos deduzir que uma intervenção da ANS na Cassi é muito indesejada pelo BB e traria consequências muito negativas para os resultados da empresa com consequentes desvalorização das ações na Bolsa de Valores.

 

Por outro lado, se o Banco tiver que aumentar o seu provisionamento para cobrir as despesas com seus funcionários e ex-funcionários em relação a benefícios pós-emprego, isto será bem visto pelos investidores.

 

Este é o nosso trunfo para, com o voto NÃO, forçar o Banco a apresentar uma proposta melhor para a Cassi sem nenhuma perspectiva de intervenção da ANS. 


Odilon Carlos de Oliveira, diretor do Sindicato dos Bancários de Maringá e Região



COMPARTILHAR:






Travessa Guilherme de Almeida, 36 - 1º andar
Centro - CEP 87013-150 - Maringá/PR

Fone (044) 3227-2955 - Fax (044) 3031-2965

2015 - Sindicato dos Bancários de Maringá e região - Todos os direitos reservados.