skip to Main Content

Abertura de agência Santander aos sábados é retrocesso e fere CLT

Abertura De Agência Santander Aos Sábados é Retrocesso E Fere CLT

Sindicato  denuncia que banco visa captar clientes, desrespeitando CLT

Se já não bastasse o estresse, a cobrança excessiva, as metas inatingíveis, agora o Banco Santander Brasil apresenta mais uma “novidade”: quer impor jornada de trabalho aos sábados.

Além de desafiar a CLT, o banco irá retirar dos trabalhadores o dia de ficar com a família, de descanso, dia de repor as energias, uma vez que a cobrança por metas vem elevando e muito o nível de desgaste dos seus colaboradores.

 “O Santander desrespeita os seus colaborares e infringe leis e resoluções do Banco Central, que impedem a abertura de agências em fins de semanas. O regime de trabalho da categoria bancária é de segunda a sexta-feira, com seis horas de jornada diária. O sábado é descanso remunerado”, destaca o presidente Claudecir de Souza.

PROTESTO

Neste sábado, 4, o banco irá realizar sua primeira experiência na agência Z1. Diretores Sindicato estarão no local, realizando ato para chamar a atenção dos trabalhadores, dos gestores do banco e da sociedade para o desrespeito à legislação trabalhista, ao Acordo Coletivo, a uma conquista histórica da categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top