skip to Main Content

Após 2 casos de Covid-19 no Bradesco e 1 no Itaú, Sindicato cobra mais medidas de proteção ao bancário

Após 2 Casos De Covid-19 No Bradesco E 1 No Itaú, Sindicato Cobra Mais Medidas De Proteção Ao Bancário

Diretores do Sindicato estiveram nesta segunda-feira, 15/06, pela manhã, na agência do Bradesco da Avenida Cerro Azul, onde foi confirmado dois casos positivos de Covid-19 em funcionários. Além de acompanhar o imediato fechamento da unidade e a adoção de todos os protocolos de saúde e segurança para o coronavírus, como afastamento imediato de todos os trabalhadores da unidade para cumprimento de quarentena, realização dos testes e desinfecção do prédio, o Sindicato está monitorando o estado de saúde dos funcionários, prestando a assistência necessária.

Além do Bradesco, nesta segunda-feira diretores da entidade estiveram também na Agência Vila Operária do Itaú, onde na semana passada foi confirmado um caso positivo de Covid-19. Os funcionários foram afastados, foi feita a higienização do local, e o banco queria abrir a unidade nesta manhã com outra equipe.

MAIS SEGURANÇA

“Com o relaxamento das medidas de segurança, adotadas anteriormente em Maringá, e com o aumento de casos na cidade, estamos muito preocupados com os bancários. Por isso, além de prestar toda a assistência a estes trabalhadores que contraíram o vírus, atuar junto ao banco para que cumpra todos os protocolos necessários, estamos gestionando para que outras providências venham a ser tomadas, a fim de proteger o trabalhador bancário”, aponta o presidente Claudecir de Souza.

ANTEPARO

Recentemente o Sindicato realizou uma força-tarefa nos bancos, verificando a adoção de todos as medidas de segurança e realizando levantamento para verificar quais agências dos bancos públicos e privados possuíam o anteparo de acrílico separando o bancário do cliente. Em seguida, foram enviadas correspondências exigindo das instituições bancárias a imediata instalação do protetor.

“A situação é grave, urgente, e nosso Sindicato está agindo com muito rigor, determinação e coragem, de todas as formas possíveis, tendo como foco proteger o trabalhador bancário neste momento”, enfatiza.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top