skip to Main Content

Campanha Salarial 2020: Fenaban quer reduzir PLR; proposta é rejeitada na mesa

Campanha Salarial 2020: Fenaban Quer Reduzir PLR; Proposta é Rejeitada Na Mesa

A proposta da Fenaban, apresentada nesta terça-feira, 18, em nova rodada de negociação, foi rejeitada na mesa pelo movimento sindical bancário. Em resumo, os bancos propuseram reduzir a PLR.

“Realmente uma proposta muito ruim, rejeitada já na mesa. Argumentamos que os bancários continuam trabalhando, produzindo, arriscando suas vidas nesta pandemia e que os bancos são um dos setores mais lucrativos da economia. Esta proposta vergonhosa é, na verdade, uma afronta o todos os bancários”, frisa o presidente Claudecir de Souza, que participou da negociação online.

A proposta dos bancos, em resumo, quer reduzir a regra básica da PLR anual para 72% do salário + Fixo de R$ 1.965,83, com limite individual de R$ 10.545,74, e desde que não ultrapasse 12,8% do lucro líquido do exercício. 

Hoje é 90% do salário mais o fixo de R$ 2.457,29, com limite individual de R$ 13.182,18, e desde que não ultrapasse 12,8% do lucro líquido do exercício.

Outra redução na proposta patronal seria da parcela adicional para 2% do lucro líquido do exercício dividido pelo número de empregados elegíveis, com limite individual de R$ 3.931,67.

Hoje é de 2,2% do lucro líquido do exercício dividido pelo número de empregados elegíveis, com limite individual de R$ 4.914,59.

Na próxima quinta-feira, 20, haverá nova rodada. “Esperamos que os bancos apresentem uma proposta condizente, que atenda aos anseios da nossa categoria e que respeite o trabalhador bancário”, frisa o presidente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top