skip to Main Content

Covid-19: após cobranças do movimento sindical, Santander anuncia novas medidas

 

Após cobrança feita pelo movimento sindical e muita pressão, o Santander informou que reduzirá número de Funcionários trabalhando presencialmente.

Além disso, fechará temporariamente algumas agências e atendimento ao público será só até 14h.

O banco destaca ainda que fará a antecipação do 13º salário aos funcionários.

Segundo o Santander, essas medidas serão adotadas em todas as cidades que tiverem antecipação de feriados, ou estiverem nas fases roxa ou vermelha, ou em lockdown (qualquer uma dessas situações).

VEJA OS PONTOS DO COMUNICADO DO BANCO:

  • As equipes nos edifícios centrais serão ainda mais reduzidas.
  • Rede de agências: segundo o banco será fechado um grande número de lojas nas próximas semanas e o horário de atendimento ao público será reduzido para até 14h.
  • Atendimento: o Santander diz que orientará os clientes, enviando comunicação específica, para que privilegiem o uso dos canais digitais.
  • Banco informou que antecipará 100% do 13º salário a todos, com pagamento já no próximo dia 30 de abril.
  • Reforçou a disponibilidade do PAPE (atendimento psicológico durante a pandemia) 24 horas por dia, 7 dias na semana.

O banco também garantiu que o atendimento ao público nas agências será apenas para serviços essenciais, como pagamento de benefícios e desbloqueio de cartões. Para isto será mantido um contingente mínimo de Funcionários, a depender da localidade e do fluxo de pagamentos. Informou ainda que os departamentos também terão redução do quadro no presencial.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top