skip to Main Content

Pandemia: bancos fecharam 2.351 agências e demitiram 15,4 mil bancários; números preocupam

No final de 2021, o Brasil registrou 18.302 agências bancárias. São 2.351 a menos do que o registrado no início da pandemia, segundo dados do Banco Central (BC). Ainda segundo o BC, desde 2017 a rede de agências bancárias está diminuindo no País. Durante a pandemia de covid-19, 1.334 agências foram fechadas entre março e dezembro de 2020.

Já segundo dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), durante a pandemia os cinco maiores bancos (Bando do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Itaú e Santander) encerraram 15,4 mil postos de trabalho no Brasil.

Banco do Brasil, Caixa, Bradesco, Itaú e Santander respondem por 86% das agências do Brasil. No entanto, são responsáveis por 93% dos fechamentos registrados na pandemia – foram 2.189, no total.

Segundo esses dados, o banco que mais reduziu a rede de atendimento presencial na pandemia foi o Bradesco. A instituição teve 1.527 agências fechadas desde março de 2020 e, com isso, passou o posto de maior rede física de atendimento do País para o Banco do Brasil.

A Caixa Econômica Federal é o único dos 5 maiores bancos do Brasil que não teve fechamento das agências durante a pandemia. O número de agências do banco público está estável desde 2018 e vai crescer em 2022.

A propósito desses números de fechamento de agências, o presidente da Federação dos Bancários do Estado do Paraná (Feeb-PR) e diretor da Contec (Confederação Nacional dos Bancários), Gladir Basso, afirma que “o movimento sindical bancário está preocupado com essa tendência do sistema financeiro nacional, que caminha a passos largos com o enxugamento do seu quadro de pessoal e de agências físicas”.

Para Gladir, essas demissões de bancários e o fechamento de agências “sobrecarregam cada dia mais os bancários e empurram cada vez mais a população para as filas e para o atendimento eletrônico e virtual”. (Fonte: Feeb/PR)

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top