skip to Main Content

Projeto de lei quer desobrigar portas giratórias nos bancos do PR

A Federação dos Bancários do Estado do Paraná (Feeb-PR) está mobilizando seus sindicatos filiados e toda a categoria bancária no Estado, para que pressionem os deputados estaduais a rejeitarem o projeto de lei nº 151/2021, que prevê a retirada das portas giratórias de segurança dos bancos. A matéria é de autoria dos deputados Alexandre Curi, Ademar Traiano  e Luiz Claudio Romanelli.

O referido projeto de lei altera  a lei nº 11.571, de 5 de novembro de 1996, que torna obrigatória a instalação desses equipamentos no Estado do Paraná. “Fica dispensada a instalação de porta eletrônica de segurança individualizada nos bancos”, diz o parágrafo 3º do artigo 3º do projeto de lei 151/2021. Esse texto já foi rejeitado na Comissão de Constituição e Justiça da Alep do Paraná, e segue agora para discussão e votação no plenário.

Para o presidente da Feeb-PR, Gladir Basso, “se aprovado o referido projeto de lei, teremos o caos na segurança dos bancos, colocando  em risco permanente a segurança e a vida dos trabalhadores bancários e dos clientes e usuários do sistema financeiro no Paraná, pois as portas giratórias eletrônicas servem como “filtro”, inibindo a entrada de armas e a ação de bandidos e assaltantes nas agências bancárias”.
Diante disso, Gladir Basso pede para que cada sindicato filiado à Federação e também a todos os bancários, para que mandem e-mails, WhatsApp e telefonem para os deputados de suas regiões, sensibilizando e pressionando os parlamentares no sentido de rejeitarem esse projeto de lei, para o bem e para a segurança da classe bancária e da população que diariamente frequenta os bancos”. (FEEB/PR)

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top