skip to Main Content

Sindicato fecha agência do Santander após caso de Covid-19, mesmo diante da resistência do banco

Sindicato Fecha Agência Do Santander Após Caso De Covid-19, Mesmo Diante Da Resistência Do Banco

Diretores do Sindicato dos Bancários de Maringá e Região atuaram durante dois dias junto ao banco Santander para garantir a liberação dos funcionários, fechamento da agência e desinfecção do prédio após a confirmação de um caso positivo de Covid-19. A funcionária diagnosticada com o coronavírus trabalha no Polo, que fica no mesmo prédio da agência Z1 (centro).

Mesmo após a bancária sentir os sintomas na quinta-feira passada e realizar o exame na sexta-feira, a agência abriu para atendimento normal na segunda e na terça-feira, 14, dia em que saiu o resultado positivo.

Após tomar conhecimento da situação, diretores do Sindicato foram até a agência e exigiram o imediato fechamento do prédio para atendimento ao público e a dispensa dos funcionários.

“Não entendemos porque a direção da instituição se mostrou tão reticente. Mesmo com nossa atuação, pedindo o fechamento para atendimento externo, muitos funcionários ainda continuaram no prédio”, aponta o diretor de Saúde do Sindicato, José Carlos Leopoldino.

O Sindicato cobrou ainda, desde o primeiro contato, a desinfecção de todo o ambiente (térreo e sobreloja). “Esta foi nossa condição para a reabertura.”

Nesta quarta-feira, 15, diretores se mantiveram novamente em frente à agência, para evitar a reabertura e aguardar a chegada da equipe de desinfecção, o que aconteceu somente após as 12h.

A negociação foi intensa, tanta com a direção da agência quanto da matriz do banco, que insistia na não necessidade do afastamento dos colaboradores e da limpeza geral do prédio.

“Esta foi uma situação complicada, presenciada aqui no Santander. Com outros bancos, que tiveram casos positivos, houve mais agilidade e a pronta desinfecção do prédio”, acrescenta o vice-presidente do Sindicato Carlos Roberto Rodrigues.

O Sindicato, segundo ele, se baseia, para esta atuação, nos protocolos das autoridades de saúde e nos próprios acordos negociados entre o movimento sindical e a Fenaban em relação a Covid-19.

O Sindicato conclama ainda aos bancários que, ao tomaram conhecimento de qualquer colega de trabalho com sintomas, avisem imediatamente ao Sindicato (3227-2955), que irá acompanhar o cumprimento de todos os protocolos rigorosamente.

Até nesta quarta-feira foram registrados em Maringá 10 casos de Covid-19 em agências bancárias. Todas unidades foram fechadas, os funcionários afastados e o prédio totalmente desinfectado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top