skip to Main Content

SINDICATO PEDE AO BB INSTALAÇÃO, COM URGÊNCIA, DE PROTETORES DE ACRÍLICO NAS AGÊNCIAS ONDE HÁ FALTA DO ANTEPARO

SINDICATO PEDE AO BB INSTALAÇÃO, COM URGÊNCIA, DE PROTETORES DE ACRÍLICO NAS AGÊNCIAS ONDE HÁ FALTA DO ANTEPARO
O Sindicato vem realizado uma força-tarefa para acompanhar, juntos aos bancos da nossa base, a implementação de todas as medidas necessárias para a proteção dos bancários diante da pandemia da Covid-19.
E a ação mais recente teve como foco verificar juntos aos bancos públicos e privados a existência dos protetores de acrílico, separando o bancário do cliente durante o atendimento presencial.
Um dos bancos em que o Sindicato constatou a falta do anteparo em algumas agências foi o Banco do Brasil. Por isso, imediatamente a entidade iniciou diálogo com o banco e enviou a correspondência abaixo, protocolada nesta sexta-feira, 05/06.
Diante do pedido da entidade, nesta segunda-feira, 8, o banco informou que já foram instalados os anteparos nas agências Maringá Velho, Maringá Centro e Mandacaru. Aguardamos a instalação, o mais breve possível, nas demais agências que ainda não possuem o protetor, inclusive nas cidades da nossa região.
CONFIRA CORRESPONDÊNCIA ENCAMINHADA AO BB NA SEMANA PASSADA
AO BANCO DO BRASIL
Diante da pandemia da Covid-19, cujo número de pessoas contaminadas aumenta exponencialmente, vimos manifestar nossa preocupação em relação aos trabalhadores bancários do Banco do Brasil da base sindical de Maringá e Região.
Realizamos vistoria em todos os bancos públicos e privados para verificar o cumprimento e observação das determinações sanitárias para o funcionamento das agências, como uso dos equipamentos de proteção individual, do contingenciamento, do distanciamento, além da instalação dos protetores de acrílico nos caixas e nas mesas de atendimento dos gerentes de conta.
Constatamos que em diversas agências bancárias do Banco do Brasil de nossa base Maringá e região não há o anteparo nos caixas de atendimento presencial, separando o bancário do cliente.
Já em relação às mesas de atendimento gerencial, em nenhuma agência da nossa base foi constatada a presença do protetor acrílico garantindo a proteção do bancário e do cliente. Há regiões em que o BB adotou tal dispositivo.
Diante disso, vimos primeiramente comunicar a urgência de se instalar esses protetores de acrílico em todas as unidades, principalmente nos caixas de atendimento presencial, mas também nas mesas dos gerentes de conta, bem como nas agências que fazem trabalho similar ao Call Center, onde ocorre a aglomeração de muitos trabalhadores atuando em suas plataformas de trabalho, próximos uns dos outros, no mesmo ambiente.
Lembramos ainda que diversos estabelecimentos comerciais, a exemplo de supermercados, farmácias, de Maringá e Região, instalaram esses protetores, a fim conter a proliferação do coronavírus e proteger seus colaboradores, clientes e sociedade em geral.
Além desta medida atender às orientações das autoridades sanitárias, bem como dos decretos Federal, Estadual e Municipal e fazer parte das negociações realizadas com próprios bancos, apelamos ainda para a sensibilidade dos gestores deste conceituado banco público, em cuja missão e valores enaltecem o espírito público e a preocupação com seus colaboradores e clientes.
Esta medida tem caráter de preservação da vida, que é o nosso bem maior. Diante disso, todos os mecanismos que possam vir a contribuir para se evitar a contaminação de funcionários, colaboradores, clientes e demais usuários, devem ser adotados.
Por isso, solicitamos o imediato atendimento deste pleito.
Registramos ainda nosso respeito e consideração à direção do banco, certos de que seremos atendidos.
Atenciosamente
CLAUDECIR DE OLIVEIRA SOUZA
Presidente do Sindicato dos Bancários de Maringá e Região
Maringá, 05 de junho de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top