skip to Main Content

Sindicato se mobiliza contra Portaria nº20 do Banco do Brasil

Sindicato Se Mobiliza Contra Portaria Nº20 Do Banco Do Brasil

 

Adoção de medida eleva o risco de contaminação de familiares do grupo de risco que residem com funcionários

 

O Banco do Brasil enviou comunicado à Confederação Nacional dos Empregados em Empresas de Crédito, no dia 21 de julho, informando da adoção da Portaria Conjunta 20, de 18/06/2020, do Ministério da Economia/Secretaria Especial de Previdência e Trabalho e Ministério da Saúde, retirando dos funcionários autodeclarados (que residem com pessoas do grupo de risco) o status de equivalência aos colegas do grupo de risco.

 

O comunicado aos gestores registra que a partir do próximo dia 27/07 os funcionários com autodeclaração de coabitação passam a se enquadrar nas formas de trabalho disponíveis, recebendo o mesmo tratamento dado aos demais funcionários do banco que não pertencem ao grupo de risco.

 

De pronto os representantes da Confederação e seus sindicatos filiados, entre eles o de Maringá, manifestaram seu total desacordo com a implementação da medida, que implica em risco de vida de familiares de funcionários.

 

É inaceitável essa decisão unilateral do banco que, desnecessariamente, põe em risco a vida de familiares de funcionários.

 

Diante da situação, representantes dos trabalhadores estão buscando o diálogo com a direção do BB, com a finalidade de reverter a decisão, que trará, com certeza, inúmeros prejuízos.

 

O banco está indo na contramão, uma vez que os casos de Covid-19 estão aumentando, com muitas ocorrências registradas nas agências bancárias.

 

O Sindicato reitera aos trabalhadores do banco que informem a esta entidade sindical se ocorrer pressão de gestores aos bancários nessa situação. O Sindicato está avaliando as medidas as serem adotadas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top